Entrevista – Maestro Marcelo Vieira (AM)

Postado em: 7 de dezembro de 2016 | 5/5 (1)

Download PDF

Banda Sinfônica do Amazonas chega almejando crescer

 

A Banda Sinfônica do Amazonas já começa seus primeiros passos. Encabeçada pelo Maestro Marcelo Vieira, a Banda Sinfônica é um sonho de inúmeros músicos do estado. Com poucas oportunidades de seguir em meio à sinfonia, coube ao Maestro a ideia de criar algo que confortasse à todos, e fizesse a alegria da comunidade musical amazonense.

 

Da semente oriunda da paixão pela música, brotou a brilhante ideia da fundação de uma Banda Sinfônica para o estado. A iniciativa partiu do olhar clínico de um músico com muita estrada. Após encontrar inúmeros músicos pela cidade de Manaus, que basicamente não tinham um antro musical para despojar o talento. O Maestro cuidou de criar isso, e o resultado ele nos conta na excelente entrevista para o Portal Brasil Sonoro. Confira!

 

A Banda Sinfônica do Amazonas repleta de paixão e ambição

 

PARA COMEÇAR NOSSO PAPO, MAESTRO, NADA MAIS JUSTO OS LEITORES SABEREM COMO ESTE PROJETO SE DEU INÍCIO, NÃO É MESMO?

 

Eu agradeço muito a oportunidade por falarmos sobre a Banda Sinfônica do Amazonas, da qual sou o autor do projeto. Ele teve início em fevereiro deste ano por ocasião de minha chegada a Manaus, da terra que sou filho, um amazonense com muito orgulho. Passei um longo período no Rio de Janeiro, de mais de 20 anos, onde tive o privilégio de acompanhar o desenvolvimento de inúmeras bandas sinfônicas, além de estudar muito dentro da área, como Curso de Regência de Banda Sinfônica, por exemplo. Então a partir deste conhecimento que adquiri, comecei contatos com pessoas aqui no Amazonas, durante minha chegada. Os músicos tinham contatos com outros músicos, e assim por diante. Dessa forma, a Banda Sinfônica começou a se formar. Hoje temos um excelente grupo com 67 músicos.

 

VOCÊ PERCEBE UM APOIO POPULAR, MIDIÁTICO E POLÍTICO PARA COM A BANDA, MAESTRO?

 

Bom, em relação a apoio político, o projeto será apresentado ao Secretário de Cultura do Estado, Senhor Robério Braga. Já tive uma conversa informal com ele, e já marquei uma reunião para apresentação do projeto. Já no meio popular, as pessoas receberam muito bem o projeto, e abraçaram a proposta. Para se ter ideia, a procura foi tanta para me parabenizar que inclusive a televisão daqui, a Rede Amazônica, já me procurou para saber um pouco mais sobre o projeto. Em termos de apoio, estamos caminhando muito bem (risos).

 

ENGANCHANDO UMA PERGUNTA A ESTA, MESTRO: QUAIS OS OBJETIVOS DAQUI PRA FRENTE PARA QUE ESSE PROJETO TÃO LEGAL SÓ CRESÇA?

 

Depois de nosso primeiro concerto, que será realizado neste mês de dezembro, dia 22, nosso objetivos podem ficar mais claros. Apresentaremos o projeto às autoridades para que eles tenham conhecimento do que estamos fazendo acredito ser o primeiro passo. Nossos primeiros pontos seriam uma sede para o projeto, o suporte adequado, o aparelhamento da banda (que ainda não tem instrumentos de percussão, por exemplo), além de uma ajuda de custo para os músicos.

 

PARA ENCERRARMOS, MAESTRO, O PORTAL BRASIL SONORO GOSTARIA DE PARABENIZÁ-LO PELO PROJETO E SABER ALGO MAIS ÍNTIMO DO SENHOR. COMO FOI QUE SURGIU ESSA PAIXÃO POR MÚSICA DO MAESTRO MARCELO VIEIRA?

 

O que realmente move meu sentimento é a música. Eu amo o que eu faço. Eu vivo esse trabalho. Eu amo música, e apresento isso para os meus alunos – que há vários loucos apaixonados, assim como eu (risos). Eu sou um legítimo maluco apaixonado. A música orquestral é o que move meu coração. Desde os 13 anos, quando pisei no Instituto de Educação do Amazonas, e vi a banda regida pelo Maestro Oscar Albuquerque que mantenho essa paixão. Paixão essa que só aumenta com o passar dos anos, dos meses, dos dias e das horas. Música é minha vida, definitivamente.

Classificação

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *