O suspiro que a Banda Sinfônica de São Paulo precisava

Postado em: 21 de Março de 2017 | Sem avaliação

Download PDF

A Promotoria de Justiça do Meio Ambiente protocolou um inquérito que irá investigar um possível dano ao patrimônio cultural ao estado de São Paulo, devido a extinção da Banda Sinfônica do estado, que recentemente teve suas atividades encerradas no início de 2017.

 

Além da menção a demissão em massa que desempregou 65 músicos no dia 9 de fevereiro deste ano, o inquérito instaurado ainda cita que a banda não foi incluída em um edital de convocação pública – tal edital seria voltado para organizações sociais e possuem interesse na gestão de corpos artísticos e de equipamentos adquiridos e repassados pelo Estado.

 

Apesar de não estar com seu nome ingresso no edital, o mesmo contava com a presença do Theatro São Pedro e da Jazz Sinfônica estadual. Ambas são geridas pelo Instituto Pensarte, a mesma que administrava extinta Banda Sinfônica de São Paulo.

 

No entanto, a convocação de participação da Pensarte fora suspensa pela Justiça de São Paulo. Uma decisão liminar suspendeu o ingresso da mesma na seleção. A suspeita ficou para o direcionamento e beneficiamento do Instituto, cujo contrato com o Governo Estadual encerra em abril.

 

O promotor que abriu o inquérito, Marcos Stefani, estabeleceu um prazo de 30 dias para que o secretário de Cultura do Estado, José Roberto Sadek, reunisse os documentos e justificativas que expliquem e sustentem a demissão coletiva dos 65 músicos, assim como também os motivos que deixaram a Banda Sinfônica de São Paulo de fora do Edital das Orquestras Sinfônicas.

 

Em nota oficial, a Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo afirmou que desconhece qualquer instauração ou procedimento a ser realizado junto ao Ministério Público. Ainda ressaltou que há esperanças de a banda ter suas atividades em segmento. Entretanto reforça a necessidade de captação de patrocínio junto a outras formas de contratação de músicos.

 

Por mais que a novela ganhe novos capítulos, ainda permanecem as esperanças – mesmo que mínimas – do regresso dos músicos demitidos à Banda que fizeram parte por anos e anos. As informações foram coletadas a partir do Portal Folha de São Paulo, e podem ser conferidas clicando aqui.

Classificação

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *